Olá minhas queridas (os)!

Ultimamente ouvimos falar muito de Dieta Detox, em desintoxicação do organismo. Mas você sabe realmente o que é isso?

Peço que me acompanhe nesta postagem, que tentarei lhe deixar informada(o).

Primeiramente o que é detox? Este termo vem do desintoxicar, eliminar toxinas do corpo.

Quando fizemos consumo excessivo dos alimentos gordurosos, ou cheio de açúcares, nos sentimos “inchada”, então tentamos buscar algo que faça perder peso com resultados rápidos.

E a promessa da dieta detox é realmente essa: Perder peso rapidamente! Na verdade o que perdemos nos primeiros dias fazendo esta dieta, são apenas líquidos, e ao voltarmos ao consumo normal dos alimentos, as gorduras voltam para as células onde estavam armazenadas, e aqueles quilinhos perdidos retornam.

Então a dieta detox não funciona?

Calma gente, ela funciona sim! Mas o ideal é associar a dieta detox, com uma alimentação saudável e a pratica de exercícios físicos.

Vale lembrar que a dieta detox é uma dieta temporária, e deve ser feita por no máximo 7 dias.

Por ter uma baixa concentração calórica, torna-se insuficiente para manter as necessidades energéticas de uma pessoa adulta. Sem contar que a falta de proteínas pode prejudicar a formação dos hormônios e reparação dos tecidos.

Mas é bom ficarmos em alerta! Com esta moda detox, muitas marcas começaram a vender pílulas e sucos em pó. Muitos médicos e nutricionistas veem esta ideia um tanto quanto fora do padrão. Pois produtos industrializados nunca vão ser igual ou com o mesmo resultado que produtos naturais, que é a ideia do Detox: Usar alimentos frescos e 100% naturais.

De qualquer forma, volto a repetir: Antes de começar qualquer tratamento, procure sempre um profissional da área. Neste caso seria interessante procurar ajuda de uma nutricionista e de um educador físico.

As receitas da dieta são muitas, mas existem alguns alimentos que não podem ficar de fora como:

  • Alimentos ricos em enxofre, mineral que ajuda no detox – Brócolis, couve-flor, nabo e rabanetes;
  • Alimentos com Betaína e Pectína, que ajudam a proteger o fígado e o sistema digestivo – Beterraba;
  • Desintoxicantes e depurativos do organismo – Maça verde, aipo e espinafre;
  • E alimentos que são fontes de antioxidantes, intensificando o transporte das toxinas ruins para fora do organismo, como o Abacate e o limão, e abacaxi.

Bom, espero que tenha contribuído. E se restar alguma dúvida deixe uma pergunta ou uma sugestão, que assim que puder estarei lhe respondendo.

Um abraço e até mais!