Queimaduras de sol

A exposição ao sol por tempo prolongado e sem proteção adequada, pode causar queimaduras de dois tipos de graus na pele, provocando queimação e muito incomodo, além da possibilidade de desenvolver os efeitos de uma insolação. Geralmente uma queimadura mais simples só fica aparente de duas a seis horas após a ocorrência.

Queimadura de primeiro grauNa maioria das vezes a queimadura é de primeiro grau, sendo superficial e apresentando vermelhidão, coceira e sensibilidade com ardência e dor no local. Em casos mais graves, pode acontecer uma queimadura de segundo grau em que a pele além de ficar vermelha e com todas as características da queimadura de primeiro grau, apresentará o surgimento de bolhas.

Queimadura de segundo grauE as vezes não tem jeito, apesar de sabermos da importância do filtro solar e que seu uso, para uma real proteção solar, deve ser diário e aplicado em média a cada duas horas. E sempre acabamos nos descuidando e não escapamos das consequências das queimaduras de sol.

Levar em consideração os horários de risco ideal para se tomar sol: antes das 10h da manhã e depois das 16h da tarde, também é algo a ser feito para prevenir-se de eventuais queimaduras solares. E se você não tem como escapar do sol nos horários de risco, devido a alguma atividade de trabalho exposta ao ar livre, a solução mesmo é proteger-se corretamente dos raios solares. E te convido a logo após dar uma olhadinha nas dicas da nossa postagem Como Proteger-se do Sol

Estes cuidados não só evitam as queimaduras, mas também o envelhecimento precoce, o aparecimento de manchas e o terrível câncer de pele.

Mas se a queimadura aconteceu, o que devo fazer?

Alguns cuidados devem ser tomados para não agravar ainda mais a situação:

Beba bastante água, chá gelado de camomila e sucos naturais para combater a desidratação causada pela exposição ao sol;

Como a pele está quente e vermelha evite a água quente e o uso de esponjas e esfoliantes;

Faça compressas de água fria ou chá gelado de camomila, usando uma toalha umedecida ou borrife sobre a pele água termal, isso vai amenizar o calor e a ardência;

No caso de queimaduras de primeiro grau, após um banho frio a aplicação de loção pós sol ou de um bom hidratante pode aliviar o desconforto. E para a escolha de um produto cosmético ideal, esse deve conter ativos calmantes na fórmula, a exemplo de Camomila, Aloe Vera, Calamina e Alfa Bisabolol;

No caso de queimaduras de segundo grau, hidrate bem ao redor das bolhas, não estoure as bolhas, deixe que elas estourem sozinhas e após lave bem e se puder poderá aplicar clorexidina no local para limpar bem. Em casos muito graves e de intensa dor, consulte um médico.

Em casos de insolação, procure imediatamente um médico e forneça água constantemente a vítima para mantê-la hidratada.

Em todos esses casos, após o acontecido evite a exposição ao sol, pois após a queimadura solar a pele encontra-se sensível. Fique à sombra e procure usar roupas largas e frescas;

E o mais importante, procure um médico para verificar o estágio da queimadura, e se existe a necessidade do uso de medicamentos, além de cosméticos para hidratar a pele.

Viver com saúde é viver bem! Cuide-se, previna-se e viva bem!

Saiba mais em:

Insolação o que fazer?